Faith No More . Sol Invictus

Quando Mike Patton e os seus compinchas decidem fazer um disco de originais, 18 anos depois do último Album Of The Year, suscitou em nós dois sentimentos, felicidade por voltarmos a ter músicas novas duma das bandas mais emblemáticas e inspiradoras da história música contemporânea, mas por outro lado temeu-se um disco menos bem conseguido, por ventura mais “comercial”.

Sol Invictus aparece-nos duma forma completamente arrebatadora, com um Rock pleno de atitude e sem grande “floreados”, tal como os Faith No More nos habituaram. Motherfucker é o primeiro tema conhecido deste novo trabalho e aí verificamos que os FNM não estão aqui para brincadeiras. Um tema lento, mas marcadamente intenso, com uma letra que incomoda as mentes menos preparadas para letras que ferem sensibilidades. «Force fed more than we eat in the wild / Grazed on a mash that can suffocate a child / Bloated, promoted in an ode to pomped style / Moistened in the feed while we’re choke upon the bile». Aqui não há meias palavras… é para maguar? Então que seja… Todos sabemos Mike Patton não escreve poemas para se ler na noite da consoada.

Mas Superhero é o single de apresentação deste Sol Invictus, e aqui percebemos que a idade não é nada importante quando tens o que mais importa na música… o saber compor músicas de acordo com aquilo que já habituaste o público, principalmente o teu público. Um tema que forte, que fala na guerra diária que vivemos, que nos transforma em verdadeiros super heróis, algo bem latente na primeira estrofe «Superhero / I’m tugging on your cape / Tell me will your sons / Know their father one day».

A intensidade está sempre bem presente nos temas dos Faith No More, no entanto, por vezes, o ritmo baixa, sem que baixe a atitude. Sol Invictus e Sunny Side Up são dois dos temas marcadamente mais melódicos, sim Mike Patton sabe fazer dessas coisas, e que bem que o faz.

Estamos diante de um disco que marcará positivamente 2015, e que marca o regresso de uns autênticos gurus do rock. A atitude e o carisma dos Faith No More está bem presente, num disco sério, maduro e musicalmente enquadrado com a imagem da banda norte americana.

9/10

Previous post
Death Cab For Cutie . Kintsugi
Next post
Indie Music Fest
Back
SHARE

Faith No More . Sol Invictus