Reportagem The Legendary Tiger Man @ Hard Club

“Às vezes sinto que o meu corpo está morto mas a minha alma está em chamas.”

Com este prelúdio se dá inicio a uma grande noite de rock’n’roll testemunhada por um Hard Club repleto, nesta noite de quinta-feira.

“Do Come Home” abre o novo álbum “True” e o concerto, que apresentou os novos temas como se já de clássicos se tratassem. Já rotinados na guitarra e já familiares aos ouvidos do público.

Seguem-se “Gone” e “Wild Beast” em que o protagonismo é partilhado com a bateria.

O homem tigre, deixa-se acompanhar neste álbum e em palco por Paulo Segadães na bateria e João Cabrita no saxofone, e que bem que funciona.

“Storm over Paradise” e o clássico “Naked Blues” fazem agitar os corpos.
O trabalho anterior “Femina” esteve também presente ouvindo-se entre outras “The Sadest Thing to Say” para deleite dos fãs.

“21st Century Rock’n’Roll” cantado a plenos pulmões incendeia o palco e contagia a plateia no que seria o final do concerto, não estivesse o público sedento de mais.

Volta Tigerman para nos levar numa “Love Ride”.

E volta novamente com a presença virtual de Asia Argento em “Life Ain’t Enough for you”.

Uma noite envolvida pelo rock’n’blues e aquecida pela guitarra e voz de Paulo Furtado.

Previous post
Reportagem Festival Para Gente Sentada
Next post
À conversa com os You Can't Win, Charlie Brown
Back
SHARE

Reportagem The Legendary Tiger Man @ Hard Club