The Avalanches @ Hard Club

The Avalanches @ Hard Club

Depois de um concerto de casa cheia no Lisboa ao Vivo no dia anterior, era a vez da cidade do Porto receber o duo australiano The Avalanches, composto por Robbie Chater e Tony Di Blasi, únicos sobreviventes da equipa inicial do longínquo Since I Left You que ganhou horas de airplay pelas rádios mundiais.

Se a sonoridade dos The Avalanches em 2001 assentava numa eletrónica suave, com temas refrescantes e melodiosos, hoje, um concerto deste duo assenta essencialmente na ideia de um DJ Set onde os corpos vão se agitar-se continuamente fazendo esquecer más energias do dia a dia, refletindo a tendência dos últimos dois trabalhos de estúdio, Wildflower (2016) e We Will Always Love You (2020).

0622TheAvalanches_HC023

O concerto iniciou-se, ainda sem a banda em palco com The End dos The Doors que serviu como pista de lançamento para The Divine Chord, talvez uma da músicas mais representativas dos The Avalanches e que fez com que os primeiros sorrisos surgissem e a sensação de liberdade começasse a ganhar forma.

A partir daqui foi ver a intensidade das eletrónicas a tomar conta da pista e do público que alegremente se fundia com as luzes e batidas de um set minuciosamente, maioritariamente ocupado pelo último disco e preparado para uma subida gradual. Interstellar Love contou com uma intro de God Only Knows dos The Beach Boys e aqui já todos estávamos rendidos à leveza de complexidade descomplexa dos ritmos dos The Avalanches que ganhavam a cada bit.

O tempo ia passando até que chegou o momento de We Go On que é recebida com uma intro de Hurting Each Other dos The Carpenters e I Want to Break Free dos Queen. Se dúvidas houvessem sobre a genialidade do duo australiano em saber como animar plateias e brotar feromonas de amor pelos corpos genuinamente felizes por poderem sentir a música duma forma que um bicho não nos deixou por quase dois anos. Sim, a alegria de viver sente-se agora mais.

0622TheAvalanches_HC076

Por estes dias sentimos que as pessoas que ficavam em casa com a ideia do “hoje não, eles voltam cá para o ano” são uma espécie que neste momento está reduzida aos espíritos mais velhos e rabugentos.

A banda recolhe e volta para mais 3 temas que termina com Since I Left You num regresso ao passado tão bem recebido pelo público e que culminou uma noite quase perfeita onde não nos cansamos de ver rostos felizes.

Ficamos todos com vontade de receber novamente os The Avalanches num futuro tão breve quanto o possível.

0629 The Avalanches @ Hard Club
kikagaku moyo
Previous post
Levitation France 2022 - II Dia
Next post
This is the most recent story.
Back
SHARE

The Avalanches @ Hard Club